Dra Julia Broetto, Cirurgião Plástico em Chapecó, Av. Getúlio Dorneles Vargas, 283 - Centro, Chapecó/SC - Fone: (49) 3025-3108
Novidades
Capa >> Cirurgias da Mama >> Mitos e Verdades sobre Mamoplastia Redutora

Mitos e Verdades sobre Mamoplastia Redutora

MAMOPLASTIA1-300x223

A cirurgia plástica nas mamas tem o objetivo de  restaurar o padrão jovial e gracioso da mama. Quando a mama ultrapassa os limites definidos no tórax, causando grande desconforto ao paciente, tanto físico quanto emocional, é indicada a cirurgia de mamoplastia redutora. Além disso, as mamas muito volumosas podem causar problemas posturais e até mesmo dermatológicos, como micoses e dermatites.

Na cirurgia de redução das mamas, é retirado parte do  tecido glandular, gordura e pele em excesso e, quanto o paciente também apresenta ptose mamária, é feito o  levantamento e remodelamento das mamas.  Diversas técnicas são utilizadas para redução mamária e mastopexia, sendo que a indicação precisa da melhor cirurgia deve ser feita por um especialista. Conheça alguns mitos e verdades sobre a mamoplastia redutora.

 

1.O procedimento não deixa  cicatrizes - MITO

As cicatrizes resultantes da cirurgia vão depender da quantidade de pele retirada. Normalmente, a cicatriz final é ao redor da areola, descendo até o sulco e no próprio sulco por variadas extensões (formando um T invertido).

2. A mamoplastia redutora pode ser feita em qualquer idade – MITO

A  cirurgia para redução das mamas só pode ser realizada após a formação completa das mamas, que ocorre por volta dos 18 anos de idade, mas pode variar com cada paciente. O momento ideal deve ser indicado por um médico.

3. O resultado da cirurgia é para sempre –  MITO

As mamas operadas continuam sofrendo os efeitos do tempo e da gravidade, portanto, o resultado da cirurgia não é para a vida toda.  Se a paciente perder ou ganhar muito peso após a cirurgia, a mama sofrerá também as consequências dessa variação ponderal, podendo aumentar novamente ou cair pela flacidez de pele causada pelo emagrecimento. Com a idade, a pele também fica mais flácida e há uma ptose natural das mamas, mesmo as operadas.

4. A cirurgia de redução de mamas pode ser realizada em pacientes com seios flácidos – VERDADE

A mamoplastia redutora pode ser associada a mastopexia, quando além de reduzir o tamanho, o cirurgião também levanta as mamas caídas.

5. A cirurgia nas mamas não pode ser realizada logo após a gravidez – VERDADE

A mamoplastia não pode ser realizada enquanto os hormônios da gravidez estão circulando no corpo da mulher, pois esses hormônios interferem no tamanho e formato da mama. Além disso, há um risco aumentado para a saúde do paciente em realizar qualquer cirurgia nessas  condições. Em geral, três meses à até um ano é o tempo necessário para normalização das alterações causadas pela gestação.

6. Não pode tomar sol logo após a cirurgia – VERDADE

A exposição solar deve ser evitada no período de cicatrização, pois podem ocorrer manchas e alterações de cor na cicatriz pela alteração na produção de melanina ocasionada pelo sol. O tempo em que a exposição ao sol deve ser evitada, deve ser orientada pelo cirurgião.

7. A cirurgia na mama pode alterar a sensibilidade do mamilo – VERDADE

Apesar de raro, a cirurgia nas mamas pode reduzir a sensibilidade ao toque nos mamilos. Na grande maioria dos pacientes, essa condição é transitória e a sensibilidade volta ao normal em alguns meses.

8. A mamoplastia redutora pode interferir na amamentação – VERDADE

Mesmo também sendo raro, algumas pacientes tem dificuldade de amamentar após a realização da mamoplastia. Isso ocorre pela retirada de parte da glândula mamária e alterações cicatriciais nos ductos mamários.

9. O médico consegue dizer com precisão qual o tamanho do sutiã que a paciente usará após a cirurgia – MITO

O cirurgião consegue estimar o futuro tamanho da mama, mas o tamanho do sutiã varia também em relação ao tórax e não pode ser escolhido com precisão antes da cirurgia.

 

DRA JULIA BROETTO - CIRURGIA PLÁSTICA

CRM/SC 20440 – RQE 11729

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Required fields are marked *

*


nove − = 8

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>

Dra Julia Broetto, Cirurgião Plástico em Chapecó, Av. Getúlio Dorneles Vargas, 283 - Centro, Chapecó/SC - Fone: (49) 3025-3108